A história das 24H de Le Mans em números: dados e curiosidades da prova

0

Estabelecida como uma das provas mais tradicionais do automobilismo mundial, as 24 Horas de Le Mans já foram palco dos mais diversos acontecimentos em todos esses anos de história.

Para você ficar um pouco mais por dentro do retrospecto deste grandioso evento, preparamos um apanhado geral de fatos e curiosidades sobre a prova de resistência em La Sarthe. Venha com a gente!

Acompanhe o PROJETO MOTOR na redes sociais: Twitter | Facebook | YouTube

SITE

85A prova de 2017 será a 85ª edição das 24 Horas de Le Mans. A primeira aconteceu em 1923, e, de lá para cá, houve somente duas interrupções: uma greve impediu a prova de 1936, e, entre 1940 e 1948, o evento entrou em pausa pela Segunda Guerra Mundial.

180

Número de pilotos inscritos para a edição de 2017. São três representantes para cada carro, sendo que a classe mais numerosa é a LMP2  – com 25 protótipos, são 75 pilotos no total. A divisão principal, a LMP1, contará com 18 pilotos, a menor. A LMGTE Pro terá 39 representantes, com 48 na LMGTE Am.

9O Brasil irá a Le Mans com um esquadrão de respeito. Nelsinho Piquet, Bruno Senna, André Negrão e Rubens Barrichello correm na LMP2, Lucas di Grassi, Daniel Serra, Pipo Derani e Tony Kanaan na LMGTE Pro, com Fernando Rees na LMGTE Am. Não há representantes na classe principal.

18A Porsche, vencedora das duas últimas edições, é a marca que mais triunfou em Le Mans, com 18 vezes no primeiro lugar. A segunda marca da lista é a Audi, que não compete neste ano. A Toyota, concorrente em 2017, busca seu primeiro troféu.

9-2Considerando os pilotos, Tom Kristensen é o mais vitorioso de toda a história em La Sarthe. De seus nove triunfos, seis foram consecutivos, entre 2000 e 2005. Os demais foram em 1997, 2008 e 2013.

Kristensen
Haja espaço para a sala de troféus de Kristensen

0Número de vitórias brasileiras na classificação geral em Le Mans. Até hoje, os melhores resultados foram de Lucas di Grassi, em 2014, Raul Boesel, em 1991, e José Carlos Pace, em 1973, quando ficaram em segundo. Sem representantes na LMP1 em 2017, a marca deverá se manter por um tempo.

24São 24 os pilotos que venceram as 24 Horas de Le Mans logo em sua estreia na prova. Os últimos a obterem o feito foram Nico Hulkenberg e Earl Bamber, integrantes de um protótipo extra da Porsche em 2015 (o outro membro da equipe era Nick Tandy, que não era estreante).

33Participações de Henri Pescarolo, que, entre 1966 e 1999, se tornou o piloto que mais largou nas 24 Horas de Le Mans em toda a história. Contando os nomes que estão em atividade, Emmanuel Collard e Jan Lammers são os mais veteranos, indo à 23ª participação na prova.

16O piloto mais jovem a participar das 24 Horas de Le Mans foi o americano Matt McMurry, que, em 2014, largou com 16 anos e 202 dias. Sua equipe conseguiu concluir a corrida. O mais jovem a vencer é Alexander Wurz, com 22 anos e 91 dias em 1996.

23É o tempo mais longo que um piloto já fez em toda história da prova. Em 1950, Louis Rosier passou nada menos que 23h15min17s seguidas dentro do carro – seu companheiro de equipe, seu filho Jean-Louis Rosier, era inexperiente e não tinha a mesma velocidade do pai. Assim, Louis guiou na maioria do tempo e cedeu o carro ao filho por apenas poucas voltas. Eles venceram.

84Número de mortos no pior acidente da história do automobilismo, ocorrido na edição de 1955 das 24 Horas de Le Mans. Na ocasião, Pierre Levegh colidiu com o retardatário Lance Macklin, que fez manobra brusca para descontar uma volta, e voou em direção à arquibancada, o que matou o próprio piloto francês e vários torcedores. Já contamos a história no Projeto Motor.

Essa é a maior velocidade final já registrada 407em Le Mans. Na edição de 1988, Roger Dorchy atingiu 407 km/h a bordo de um Peugeot WM P88. Por essas e outras, foram instaladas duas chicanes no retão da Mulsanne, o que impede que velocidades semelhantes sejam alcançadas hoje em dia.

Este é o carro com a velocidade mais rápida de Le Mans
Este é o carro com a velocidade mais rápida de Le Mans

34Vitórias da Dunlop, a marca de pneus que mais triunfou na história da prova, na classificação geral. A mais recente delas, no entanto, foi no distante ano de 1991. De lá para cá, só deu Michelin e Goodyear.

13A atual configuração do Circuit de la Sarthe tem 13,629 km de extensão. Ao todo, são 38 curvas, que usam tanto estradas públicas quanto parte da pista que recebe a MotoGP. Sua extensão é, por exemplo, quase o dobro do tamanho do maior traçado da F1 atual, Spa-Francorchamps, que tem 7,004 km.

20A menor margem de vitória da história aconteceu em 1966, quando o Ford GT40 de Bruce McLaren e Chris Amon terminou a maratona apenas 20 metros à frente da segunda mais bem colocada, outro Ford GT40, guiado por Ken Miles e Denny Hulme.

3.16A volta mais rápida já registrada na atual configuração do circuito foi a pole position de Neel Jani, em 2015, com 3:16.887 a bordo do Porsche 919 Hybrid.

5410A maior distância já percorrida em uma edição das 24 Horas de Le Mans foi em 2010, quando o Audi R15-Plus de Mike Rockenfeller, Timo Bernhard e Romain Dumas completou 397 voltas – em um total de 5410 km. A distância é consideravelmente maior do que os 4288 km que separam o arroio Chuí do monte Caburaí, os pontos extremos do Brasil de Norte a Sul.

DEBATE MOTOR #77 – O que aprendemos com a passagem de Alonso pela Indy 500?

 Comunicar Erro

Bruno Ferreira

Sempre gostou de automobilismo e assiste às corridas desde que era criança. A paixão atingiu outro patamar quando viu – e ouviu – um carro de F1 ao vivo pela primeira vez. Depois disso, o gosto pelas corridas acabou se transformando em profissão. Iniciou sua trajetória como jornalista especializado em automobilismo em 2010, no mesmo ano em que se formou, quando publicou seu primeiro texto no site Tazio. De lá para cá, cobriu GPs de F1 no Brasil e no exterior, incluindo duas decisões de título (2011 e 2012), além de provas de categorias como Indy, WEC, WTCC e Stock Car.