Debate Motor #75 analisa: A “nova F1” enfim acertou a mão?

1

Apesar de ter dois velhos conhecidos como protagonistas, Sebastian Vettel e Lewis Hamilton, a F1 tem uma cara nova em 2017. A intensa mudança no regulamento técnico provocou alteração na relação de forças e na dinâmica das corridas, mas as novidades não param por aí.

Nos últimos meses, desde a aquisição da categoria por parte do grupo Liberty Media, há uma série de mudanças realizadas no aspecto extrapista. A F1 aos poucos vai se mostrando mais aberta aos fãs, o que foi simbolizado durante o GP da Espanha, com o episódio do jovem torcedor da Ferrari – que, em poucos minutos, foi das lágrimas pelo abandono de Kimi Raikkonen ao sorriso por conhecer seu ídolo.

Acompanhe o PROJETO MOTOR na redes sociais: Twitter | Facebook | YouTube

Será que a F1 finalmente está acertando a mão para voltar a ganhar popularidade com o público? Que tipo de melhora concreta já é possível detectar? E mais: o que ainda precisa ser feito pelos novos chefões da categoria?

Este é o tema da edição #75 do Debate Motor. Assista e deixe sua opinião nos comentários.

 

 Comunicar Erro

Projeto Motor

Automobilismo além da notícia!

  • Bravo Rezende

    Os amigos do Projeto Motor sempre pensando no melhor para a categoria e sempre com muita parcimônia e comedimento no que tange o esporte. Eu como um apaixonado pelo esporte e Vettete declarado devo dizer que já quase não aguento esperar duas semanas para uma corrida, que dirá três semanas ou mais. Por mim os grandes pilotos de F1 não tem vida social e deveriam correr nossas corridas TODOS os finais de semana. Quero corrida no Iraque, em Vegas, em Madagascar, na Tanzânia e aqui no meu Rio de Janeiro. O esporte está bom demais de ver, de comentar, de absorver e conjecturar as próximas corridas com os amigos. Forte abraço!