Debate Motor #89: A F1 está de volta! Em que precisamos ficar de olho?

3

Acabaram as férias da F1! Após quatro semanas de pausa, a categoria retoma seu campeonato de 2017 no GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps. Será o começo de uma longa maratona – nada menos que nove GPs em três meses.

Muita coisa acontecerá neste intervalo. A começar pela disputa pelo título, já que Sebastian Vettel ostenta uma vantagem relativamente pequena diante de Lewis Hamilton na tabela de pontos, com 14 separando ambos.

Acompanhe o PROJETO MOTOR na redes sociais: Twitter | Facebook | YouTube

Além de outras várias disputas paralelas na pista, há também a definição das situações para o ano que vem. O que deverá acontecer com as principais equipes e pilotos? Sem mais delongas, este é o tema do Debate Motor desta semana!

 Comunicar Erro

Projeto Motor

Automobilismo além da notícia!

  • Antonio Manoel

    Creio que as questões à se prestar mais atenção nessa segunda etapa do campeonato são a rivalidade entre Hamilton e Vettel/Mercedes e Ferrari, ver se a rixa continuará nivelada ou alguma se destacará mais nessa segunda etapa (talvez a Mercedes, da qual muito se fala nessa possibilidade de tomar a dianteira/vantagem), além dos próprios pilotos principais de cada uma das equipes e as relações desses com seus companheiros de equipe.
    Outra questão que acho que devemos prestar atenção é a evolução do motor Honda e da Mclaren em si, afinal mais uma vez veio a notícia de que a Honda pode ter solucionado os problemas com o seu motor…
    Mais duas questões que devo prestar atenção são a evolução do Stroll, afinal o canadense começou o campeonato sendo a reencarnação do Maldonado mas parece ter pego o ritmo da coisa, chegando a conseguir pódio em Baku.

    Por fim, quero ver que novidades a Liberty Media trará para a F1 nessa segunda metade da temporada, evoluções necessárias para a popularização do esporte e agrado ao seu fiel público.

    • hoje já teve uma novidade na transmissão, só que acho que foi iniciativa da sky sports inglesa: logo após a press conference, a transmissão foi direto pro lado de fora e mostrou os pilotos dando entrevista pro restante da imprensa internacional que não estava na sala da fom.

  • Gab

    Vamos ver:
    – Mercedes: Hamilton e Bottas. Certeza.
    – Ferrari: Raikkonen e Vettel. Certeza.
    – Red Bull: Riccardo e Verstappen. Certeza.
    – Force India: Ocon é certeza. Pérez se não tentar vaga na Renault ou em outra categoria também.
    – Williams. Provavelmente Massa e Stroll. Massa já começa a sentir o peso da idade e a Williams gostou do Di Resta. Stroll fica se o pai dele não resolver conversar com outra equipe.
    – Toro Rosso: Sainz fica se a Renault não fizer questão por ele. Kvyat fica se eles não quiserem subir o Gasly.
    – Renault: Hulkemberg fica. Palmer deve sair. Aí deverá ser um dos pontos altos do mercado, por que a vaga é boa e concorrida.
    – McLaren: Vandoorne e Button têm contrato para 2018. E o Alonso fica se a McLaren se esforçar.
    – Haas: Grosjean e Magnussen certos.
    – Sauber: Uma vaga é certa para Leclerc ou Giovinazzi. Ou até mesmo as duas se a Ferrari convencer a Sauber a mandar embora o Ericsson, coisa que eu duivido bastante.

    Quem tá sobrando de certeza na jogada é o Palmer, que só fica se a Renault tiver preguiça ir atrás de alguém melhor, e o Wehrlein, por conta da parceria Sauber-Ferrari.