Giro Rápido #4: O que explica a renovação de Kimi Raikkonen com a Ferrari?

2

Kimi Raikkonen foi oficialmente confirmado na Ferrari para a temporada de 2018 da F1. O finlandês ficará em Maranello pelo quinto ano consecutivo, o que deverá torná-lo o segundo piloto com mais GPs pelo lendário time.

Acompanhe o PROJETO MOTOR na redes sociais: Twitter | Facebook | YouTube

Muitos podem ter ficado surpresos com a notícia, especialmente porque os resultados de Raikkonen desde que retornou à Ferrari não são dos mais animadores. Porém, sua renovação tem algumas explicações, que dizem muito sobre o futuro do mercado da F1 e a situação dos jovens pilotos do grid.

É o tema do Giro Rápido #4! Entenda em poucos minutos o que está por trás da permanência de Raikkonen na Ferrari. Assista, curta o vídeo e assine nosso canal no YouTube!

 Comunicar Erro

Bruno Ferreira

Sempre gostou de automobilismo e assiste às corridas desde que era criança. A paixão atingiu outro patamar quando viu – e ouviu – um carro de F1 ao vivo pela primeira vez. Depois disso, o gosto pelas corridas acabou se transformando em profissão. Iniciou sua trajetória como jornalista especializado em automobilismo em 2010, no mesmo ano em que se formou, quando publicou seu primeiro texto no site Tazio. De lá para cá, cobriu GPs de F1 no Brasil e no exterior, incluindo duas decisões de título (2011 e 2012), além de provas de categorias como Indy, WEC, WTCC e Stock Car.

  • Em tempos de Liberty, Kimi chega a ser considerado um patrimônio da categoria pelas suas qualidades como personagem. isso pesa também. Acho mesmo que arrumariam uma vaga para ele em outra equipe se a Ferrari o dispensasse…

  • THIAGO NALI

    Bom dia galera do Projeto Motor!!!! Parabéns por esse belo veículo de informação sobre o mundo da Fórmula 1!!! Quanto a permanência do Raikkonen na Ferrari acredito que a Scuderia acertou sim em sua estratégia, concordo plenamente com o Bruno.