Le Mans pode ter evento mais legal da temporada de automobilismo virtual

0

Com a pandemia do Covid-19, uma verdadeira temporada de automobilismo virtual se formou com a organização das principais categorias reais do esporte a motor e participação de diversos pilotos importantes. No próximo final de semana (13-14/06), irá acontecer as 24 Horas de Le Mans virtual, e a prova promete ser um dos eventos mais interessantes entre todos que aconteceram nestes últimos meses.

A corrida conseguiu chamar a atenção de muita gente e contará com a participação de equipes oficiais do WEC como Toyota, Rebellion, Porsche GT e Ferrari AF Corse, algumas que pediram entrada como a Penske, e pilotos importantes como Charles Leclerc, Fernando Alonso, Rubens Barrichello, Max Verstappen, Lado Norris, Pierre Gasly, Antonio Giovinazzi, Jenson Button, Felipe Massa, Tony Kanaan, Simon Pagenaud e por aí vai (confira a lista completa mais abaixo.

Os organizadores escolheram a plataforma rFactor 2 para realizar a prova, pois ela já conta com artifícios como condições climáticas dinâmicas, transição do dia para noite, troca de pilotos e competição com mais de uma classe, o que permite a inclusão da competição LMP e GTE. Na corrida de protótipos será utilizada apenas o Oreca 07 da LMP2 enquanto na GTE ficaram disponíveis quatro modelos: Aston Martin Vantage, Corvette C.7R, Ferrari 488 GTE e o Porsche 911 RSR.

A plataforma ainda permite acerto dos carros, assim, equipes e pilotos deverão aproveitar os treinos livres para deixar seus veículos com a melhor configuração mecânica e aerodinâmica possível, assim como acontece nas provas reais.

Apenas cinquenta equipes foram aceitas para garantir a estabilidade do sistema. Cada time obrigatoriamente deve contar com quatro pilotos, sendo pelo menos dois com licença internacional da FIA e os outros podendo ser pilotos profissionais de automobilismo real de provas nacionais ou de virtual. Nas últimas duas semanas, três corridas testes foram realizadas e todos os pilotos precisaram participar de no mínimo um evento para se adaptarem à plataforma.

Como a Le Mans virtual funciona

A prova é basicamente no mesmo estilo e formato da competição real. Uma corrida de 24 horas em que os pilotos fazem o revezamento. Cada competidor deve pilotar durante todo o evento por pelo menos quatro horas e no máximo sete. Os pilotos não podem, no entanto, andar mais de três horas dentro de um período de cinco horas. No caso do desrespeito dessas regras, uma penalização por tempo será imposta.

As dificuldades de pilotagem são simuladas, incluindo sujeira e detritos na pista, nascer e pôr do sol no horizonte, chuva, temperatura da pista subindo e descendo durante dia e noite, desgaste de pneus e do carro e etc. Em caso de acidentes, os modelos ficarão avariados e mesmo que consigam continuar, podem perder desempenho. Os carros também precisam fazer paradas no box para reabastecimento, troca de compostos e reparos.

A troca de pilotos também é realizada nas paradas de box. Cada piloto estará em sua casa (ou local de sua escolha) e o quando o carro para no pit, ele poderá passar o controle do carro para seu companheiro através do sistema.

Confira a lista de inscritos:

Lista de inscritos para a Le Mans virtual

Assim como na corrida real, a prova também pode ser neutraliza com a entrada do safety car, que será conduzido por um piloto indicado pela organização, e que obedece às ordens de um diretor de corrida real, Eduardo Freitas, o mesmo do WEC. Os pilotos serão informados por mensagens de voz em tempo real.

Para evitar problemas como os vistos em eventos recentes de automobilismo virtual com manobras antidesportivas, os pilotos serão obrigados a seguirem o código de conduta oficial da FIA. Penalizações poderão ser impostas desde reprimendas, drive-through, stop-and-go, adição de tempo depois da corrida e até desclassificação. Equipes penalizadas pelos comissários não terão direito a recurso.

Transmissão da corrida

Você pode acompanhar a corrida pelo streaming oficial das 24 Horas de Le Mans no Youtube por transmissões individuais das equipes, também permitidas, no Youtube ou Twitch. A corrida está marcada para começar às 9h30 deste sábado.


 Comunicar Erro

Lucas Santochi

Mais um fanático da gangue que criou vínculo com automobilismo desde a infância. Acampou diversas vezes nas calçadas ao redor de Interlagos para assistir aos GPs e nunca esqueceu a primeira vez que, ainda do lado de fora do autódromo, ouviu o barulho de F1 acelerando pela reta. Jornalista formado em 2004, passou por redações na época da TV Band e Abril, teve experiência na área de assessoria de comunicação esportiva até chegar ao site especializado em esporte a motor Tazio, em 2010. Passou pelas funções de redator, repórter (cobrindo diversas corridas no Brasil e exterior de F1, Indy, WEC, Stock Car, entre outras) e subeditor até o final de 2013, quando o veículo encerrou suas atividades. Trabalhou ainda como redator do UOL Esporte em 2014 até que decidiu se juntar com os outros três membros do Projeto Motor para investir na iniciativa.